ONDAS ELETROMAGNÉTICAS - POLUIÇÃO ELETROMAGNÉTICA


O excesso de ondas eletromagnéticas emitidas por equipamentos elétricos e eletrônicos produz um tipo de poluição imperceptível capaz de influenciar o comportamento celular do organismo humano, danificar aparelhos elétricos e até desorientar o voo de algumas aves. 
Ninguém pode vê-la, mas a poluição eletromagnética está espalhada por toda à parte, ocupando o espaço e atravessando qualquer tipo de matéria viva ou inorgânica.
Nas últimas décadas, a tecnologia moderna desenvolveu vários emissores de radiação que são largamente empregados em redes de infra-estrutura elétrica e de telecomunicações.  Expandiram os campos eletromagnéticos que podem vencer diversos obstáculos físicos, como gases, atmosfera, água e paredes.
Redes de transmissão de energia, 
torres de alta tensão, 
antenas de televisão, de rádio e de telefonia celular, 
computadores, 
televisores, 
microondas,
aparelhos celulares, expandiram os campos eletromagnéticos que podem vencer diversos obstáculos físicos, como gases, atmosfera, água e paredes.
Gerada por partículas carregadas - prótons e elétrons - em movimento acelerado, este tipo de onda compreende faixas extensas de energia que variam de acordo com sua freqüência - velocidade com que uma onda oscila num determinado intervalo de tempo - e é isso que diferencia uma onda da outra.
Quanto mais alta for essa freqüência mais energética é a onda.
Assim, "o ambiente eletromagnético é formado pela propagação de ondas eletromagnéticas geradas por todos os equipamentos elétricos e eletrônicos", explica o engenheiro Gláucio Santos do departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétricas da Escola Politécnica (Poli) da USP, lembrando que existem, também, as fontes naturais, como as descargas atmosféricas.
O corpo humano também irradia ondas eletromagnéticas em frequências baixíssimas de infravermelho que são produzidas pelo calor do próprio corpo, composto por células carregadas de átomos e elétrons. É a vibração dessas células que permite a realização de exames como a tomografia, por exemplo.
As doenças, o envelhecimento precoce, as dores musculares, artrites, artroses e até as depressões e insônias entre vários outros problemas diagnosticados como emocionais têm como causas: as alimentações carentes de nutrientes com tóxicos e químicas, a acidez do sangue, diminuição de oxigênio, os micro organismos, metais pesados nas células e nos órgãos,água de pH ácido e as poluições invisíveis. 

A emissão de radiação também é resultado deste movimento de partículas e sua intensidade está diretamente relacionada ao comprimento da onda, que e é classificada segundo o valor de sua freqüência.

Os riscos de câncer, por exemplo, são oferecidos por radiações do tipo ionizante, capazes de produzir íons e de dissociar átomos e moléculas.

Alguns cientistas defendem a tese que a exposição prolongada a campos eletromagnéticos pode causar depressão psíquica ou até mesmo provocar a redução dos glóbulos vermelhos e o aumento dos glóbulos brancos, favorecendo o surgimento de um câncer

Todos reconhecem que o excesso de ondas pode alterar o funcionamento de equipamentos eletrônicos quando muito próximos uns dos outros. É por isso que a imagem do televisor pode embaralhar quando alguém liga o liquidificador ou o toque do telefone celular interfere na imagem do monitor do computador quando localizados muito próximos.


MATÉRIA BEM APROFUNDADA EM: 

CELULAR - CELULAR - SEU CÉREBRO e SEU CORPO




Celulares são aparelhos que emitem e captam ondas de rádio. Há muitas formas de ondas.

As de maior potência são os raios X. Eles podem danificar o DNA das células de qualquer ser vivo, com efeitos sabidamente cancerígenos. A potência da radiação das micro-ondas de um celular é muito menor que a radiação de uma máquina de raio X.

 O problema dos celulares reside em sua exposição prolongada ao corpo humano, especialmente sobre os neurônios cerebrais. Quantos minutos ao dia falamos ao celular, 365 dias por ano, por anos a fio? O poder cumulativo dessa radiação pode alterar uma célula e torná-la cancerígena.



O uso de telefone celular ou outros sistemas de comunicação dentro do veículo pode influenciar o funcionamento de alguns sistemas eletrônicos veiculares e até mesmo aeronáuticos.
Por isso é que se proíbe celulares ou aparelhos eletrônicos a bordo dos aviões:


A verdade, dizem os especialistas: sabe-se que os riscos de desenvolvimento de algum efeito nocivo decorrente da radiação são maiores em crianças. Assim, os cientistas recomendam que as crianças evitem falar em telefones celulares e que recebam doses reduzidas de radiação durante os exames de raios-x.


Todos reconhecem que o excesso de ondas pode alterar o funcionamento de equipamentos eletrônicos quando muito próximos uns dos outros. É por isso que a imagem do televisor pode embaralhar quando alguém liga o liquidificador ou o toque do telefone celular interfere na imagem do monitor do computador quando localizados muito próximos.

O uso de telefone celular ou outros sistemas de comunicação dentro do veículo pode influenciar o funcionamento de alguns sistemas eletrônicos veiculares e até mesmo aeronáuticos.
Por isso é que se proíbe celulares ou aparelhos eletrônicos a bordo dos aviões.

A radiação eletromagnética é a propagação de energia por meio de partículas ou ondas que viajam no ar à velocidade da luz - 300.000 Km/s. Essa radiação é necessária para que possamos escutar uma música no rádio, ver um filme na televisão ou falar ao celular.

A transmissão dos sons pelo rádio nada mais é do que a transformação do som em ondas hertzianas que são enviadas pelo espaço e captadas pela antena dos rádios. A diferença é que a telefonia celular, que também é uma onda de rádio, opera numa freqüência superior à do rádio e da televisão.




Muito interessante esse vídeo. Vale ver. Bem explicado apesar de ser de 2011.


Os especialistas recomendam que o telefone celular seja utilizado de preferência em lugares abertos, a 5 cm de distância da cabeça e que televisores e computadores fiquem fora do quarto de dormir.

Os celulares devem ser desligados antes de irmos dormir, pois estão sempre estão emitindo impulsos digitais para a operadora na possibilidade de que alguém esteja chamando o seu número.São eletromagneticamente muito hiperativos. É um equívoco pensar que se o celular não envia ou recebe chamadas não contamina. 


A epidemiologista Devra Davis lidera uma cruzada para fazer as pessoas deixarem o celular longe de suas cabeças. Convencida de que a radiação emitida pelo aparelho lesa a saúde, ela escreveu "Disconnect" (sem edição no Brasil), cuja base é pesquisas que começam a mostrar os efeitos dessa radiação no organismo. 
Ela em entrevista para a ÉPOCA colocou: Nunca colo o celular ao ouvido. Sempre o mantenho a alguns centímetros de distância de minha cabeça. Nunca o carrego no bolso. Quando não estou falando ao celular, ele fica na bolsa ou sobre a mesa.
 ÉPOCA:Mas os fones de ouvido não são práticos para falar na rua.
Davis – Também não é prático expor o cérebro desnecessariamente às micro-ondas emitidas pelos celulares. Essa medida, aliás, é uma exigência do FCC, a agência americana de telecomunicações, e recomendada por todos os fabricantes de celulares.
Mas, convenientemente, a recomendação não vem escrita no manual do produto.

 É preciso baixar o guia de informações de segurança do site de cada fabricante para saber que eles próprios recomendam que ninguém cole o celular ao ouvido.

No Guia de informações importantes do produto do iPhone 4, da Apple, lê-se que “ao usar o iPhone perto de seu corpo para chamadas ou transmissão de dados (...), mantenha-o ao menos 15 milímetros afastado do corpo, e somente use porta-celulares e prendedores de cinto que não tenham partes de metal e mantenham ao menos 15 milímetros de separação entre o iPhone e o corpo”.

ÉPOCA – Essa restrição é só para o iPhone?
Davis – Não. No caso do Nokia E71, a restrição é de 22 milímetros. No BlackBerry é maior: 25 milímetros.
Atualmente se fala em mais de 5 cm.
 Salles provou que o limite do FCC só é seguro para os adultos. Ao simular a absorção de radiação celular por crianças de até 10 anos, descobriu valores de absorção 60% mais elevados que nos adultos. O recado é claro. Não deixe o celular ao alcance das crianças. Não deixe seus filhos menores de 10 anos usar celular.
 O limite foi estabelecido no início dos anos 1990, quando os celulares começavam a se popularizar. Foi estabelecido tomando por base uma pessoa de 1,70 metro de altura e uma cabeça com peso aproximado de 4 quilos. Vinte anos depois, o limite é irrelevante. Mais de 4,6 bilhões de pessoas no mundo usam celulares. Boa parte são crianças, adolescentes e mulheres. E todos estão expostos a níveis de radiação superiores ao permitido. Quais serão as consequências em termos de saúde pública da exposição lenta, gradual e maciça de tantas pessoas à radiação celular daqui dez ou 15 anos? O tumor cerebral se tornará epidêmico?


Hoje, virtualmente todas as crianças a partir dos 7 anos têm acesso a telefones sem fios e aos celulares, mas o uso realmente se dissemina a partir dos 12 anos. Aos 19 anos, quase 80% dos jovens usam o celular regularmente. Ao mesmo tempo, o estudo mostra que menos de 2% de todas essas faixas etárias usam o fone de ouvido para manter o celular longe da cabeça.

"Isto é muito preocupante, uma vez que os possíveis efeitos danosos à saúde da exposição de longo prazo às micro-ondas ainda não estão claras, especialmente entre as crianças e adolescentes. 

Segundo a OMS, um possível aumento de 40% no risco de câncer no cérebro e no ouvido nos usuários que usam o aparelho por mais de 30 minutos por dia por dez anos ou mais.
Esses efeitos colaterais podem ser ainda mais perigosos para as crianças porque elas absorvem dez vezes mais radiação do que um adulto, segundo pesquisa divulgada em 2012 pelo Departamento de Engenharia Elétrica e Computacional da Universidade de Utah, nos Estados Unidos .
“O cérebro da criança tem maior conteúdo de um líquido salino que o de um adulto, o que favorece a dissipação de energia eletromagnética”, explica em entrevista ao Namu Álvaro Augusto de Salles, pesquisador brasileiro que participou do estudo da Universidade de Utah.  
“Nas crianças, além disso, a reprodução das células é mais frequente do que nos adultos e muitos dos efeitos de baixo nível de exposição ocorrem durante a fase de multiplicação das células”, afirma Salles, que conduziu e orientou diversos trabalhos sobre radiação e celular.
Exames realizados analisaram uma proteína presente na chamada barreira sangue-cérebro espinhal - a barreira de proteção do cérebro contra agentes externos. O estudo revelou uma associação significativa entre o uso dos telefones celulares e sem fio e o aumento da proteína transtiretina no sangue.

Soderqvist alerta que esse incremento no nível da proteína não é uma causa de preocupação, mas, como ela indica que o cérebro está de fato sendo afetado pelas ondas dos celulares e demais telefones sem fio, pode haver outros efeitos que poderão impactar nossa saúde.


REDUZINDO OS EFEITOS DA RADIAÇÃO
Segundo a Organização Mundial da Saúde, uma boa maneira de reduzir os efeitos da radiação é limitar o tempo das ligações e manter uma distância mínima de 5 cm entre o celular e a cabeça, evitando assim um contato longo com o dispositivo.  Usar o viva-voz, um fone de ouvido ou digitar uma mensagem de texto são formas de reduzir a exposição às ondas RF.
MAIS DICAS:
Recorra à “moda antiga”. Sempre que possível, use o telefone fixo.

Procure usar o telefone celular com menos frequência e manter chamadas de pouca duração.

-Procure diminuir a freqüência do uso do celular. Que tal desligá-lo quando estiver em casa? 

-Evite deixar seu celular próximo ao filtro de água e dos alimentos.

- Use o recurso viva-voz do celular para manter o dispositivo mais distante da cabeça. Você ainda estará exposta à radiação, mas de forma reduzida.

- Sempre que puder, use fones de ouvido para falar ao telefone celular. Eles também vão ajudar a manter o aparelho longe da cabeça.

- Escolha um celular que emite menos radiação. Os fabricantes estão se tornando conscientes dos riscos à saúde e já há modelos com menor emissão de radiação. Quando for comprar seu próximo aparelho, lembre-se de pesquisar sobre este fator.
- Faça as ligações de um lugar aberto - A quantidade de EMR emitida do celular diminui quando o sinal está forte.
- Desligue o seu  celular quando estiver dentro dos elevadores e outros recintos de metal. O metal reflete a EMR, aumentando assim a quantidade de radiação à que você esteja exposto. 

Não use o celular dentro do carro. O metal do carro reflete muito da radiação de volta a você, aumentando sua exposição à EMR.

- Evite usar o celular em locais fechados como, por exemplo: dentro do carro, no elevador, garagens, dentro de um prédio, dentro de casa. A quantidade de EMR emitida do celular aumenta quando o sinal está fraco. Por isso, é melhor usar o celular quando o sinal está forte.

- Desligue seu celular quando estiver em veiculo se movimentando rapidamente, ex: carro, ônibus em estrada, trem.  O celular emite EMR ao máximo possível tentando manter-se conectado procurando as torres de celular (estações radio-base, ou ERBs) nas estradas.

- Desligue o seu celular à noite. E não durma com ele debaixo do travesseiro em hipótese alguma! Não se deve usar o celular como despertador. Um despertador a pilhas é uma opção muito melhor.
É comprovado que o EMR dos celulares e ainda dos despertadores elétricos pode diminuir a qualidade do sono.
Ao se deitar, mantenha o telefone longe da cama. Dormindo com o celular por perto, como no criado mudo, estará exposta à radiação por longos períodos de tempo

-Evite guardar o aparelho no bolso. Se não puder evitar, mantenha a antena do telefone (geralmente fica na parte de trás do aparelho) voltada para longe do corpo.

Artigo publicado no Jornal da Academia Americana de Pediatria recomenda:
·         Não permitir que as crianças brinquem ou usem os celulares, principalmente se tiverem menos de 2 anos.
·         Se for necessário que as crianças usem o aparelho, colocar um fone de ouvido ou ligar o viva-voz para que o celular não entre em contato direto com sua cabeça.
·         Quando for dormir (e sempre que possível), desligar a função wireless do celular. Isto faz com que a radiação emitida diminua. 
A radiação enfraquece o esperma.
A radiação enfraquece o esperma. Sabemos por pesquisas com humanos. As amostras de esperma foram divididas ao meio. Uma metade foi mantida sozinha, morrendo naturalmente. A outra foi exposta a radiação de celulares e morreu três vezes mais rápido. Homens que usam celulares por quatro horas ao dia têm a metade da contagem de esperma em relação aos demais. 
"É crescente a contaminação eletromagnética provocada pelo uso de aparelhos elétricos e eletrônicos, o que causa alterações no sistema imunológico." Veja a importância de mantermos nosso sistema imunológico equilibrado e realizando suas funções. Sobre o sistema imunológico:
Quase um quarto da população brasileira (24,8%) não tinha telefone celular em 2013, embora o percentual de pessoas com celular tenha avançado 131,4% (73,9 milhões de pessoas), desde 2005, e alcançado 130,176 milhões de pessoas no ano de referência da pesquisa. Os dados são do suplemento da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2013 sobre as Tecnologias de Informação e Comunicação, divulgado hoje (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação a 2008, o aumento foi 49,4% (43 milhões de pessoas).
Mas a constante exposição dos usuários à radiação eletromagnética transmitida pelo aparelho e pelas antenas é segura? Não, segundo a engenheira e pesquisadora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) 
Um estudo realizado na Universidade de Orebro, na Suécia, indica que os telefones celulares e outros tipos de telefones sem fio têm efeitos biológicos sobre o cérebro.
Dr. Fredrik Soderqvist, responsável pela pesquisa, recomenda cautela no uso desses telefones, principalmente por crianças e adolescentes.

"As crianças são mais sensíveis do que os adultos à radiação dos telefones celulares e sem fios," diz Soderqvist. Segundo ele, crianças e adolescentes deveriam sempre usar fones de ouvido, de forma a manter os aparelhos longe da cabeça.



Eletroterapia na Cura

e mail: helofontoura@hotmail.com
http://www.facebook.com/helofontoura
fones: 19 992747579 (Oi)
19 995224433 (Claro) 
19 38780565 (Vivo)

UM PRAZER IMENSO TER VOCÊ ENTRE NÓS !

Começo esse blog falando sobre o GFU - APARELHO de ELETROTERAPIA por ser, na minha experiência desses 30 anos de pesquisa e 25 anos de Terapeuta Integrativa, o primeiro passo para a SAÚDE VERDADEIRA.

O que é o aparelho GFU?

O aparelho GFU – Gerador de Frequência Única - é um aparelho de Eletroterapia portátil para ser usado em casa e em consultórios que tem como objetivo a limpeza e oxigenação sanguínea dos sangue e órgãos.

Como o uso do aparelho de Eletroterapia GFU colabora com a Saúde?
- Pela comprovada eficácia da eliminação dos metais pesados, das químicas, toxinas e consequentemente das formas vivas que enfraquecem o Ser, promove o fortalecimento de todos os sistemas e órgãos do corpo.
Um sistema imunológico, fígado e rins funcionando de forma correta é muito importante ! 

O que é o Tratamento pela Eletroterapia?

- A Terapia pela Eletroterapia é um tratamento natural baseado nas comprovações que o uso de uma vibração positiva e de frequência específica, restabelece a Saúde através da limpeza do sangue, dos órgãos e sistemas.
- Como colocado acima:  um sangue limpo, oxigenado e sem impurezas aumenta nossas defesas, desintoxica o fígado e o rim - que são órgãos importantes de limpeza -  voltam a funcionar e todos os sistemas e órgãos agradecem.     

  Com o  aumento da resistência física aumentamos a resistência mental/cerebral, psicológica, emocional e espiritual.

Quando surgiu o Tratamento pela Eletroterapia? 
O uso da Eletroterapia para tratamentos de Saúde é muito antigo. Usado durante muitos por médicos e hospitais até entrarmos na era dos medicamentos onde passou a não ser mais permitido. Neste link tem a história da Eletroterapia:
http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/2011/03/x_4184.html

Como ele trabalha? 
Emitindo correntes específicas.
O GFU é um dispositivo Eletrônico que usa uma bateria de 9 Volts que alimenta um circuito eletrônico (oscilador) que gera um sinal digital de onda quadrada. Simultaneamente liga 16 microssegundos e desliga 17,4 microssegundos em 30000 vezes por segundo.




A bateria alcalina de 9 volts é um dos pontos importantes desse aparelho. Ele não vai na eletricidade. 


Sobre a frequência de Polaridade Positiva: 
A frequência de polaridade positiva é a melhor forma de se obter os melhores resultados para a saúde com o uso da Eletroterapia.

Por vibrar numa frequência positiva em todos os sentidos, o aparelho de Eletroterapia GFU permite uma recuperação das frequências dos órgãos colaborando com o retorno do seu funcionamento primordial. 

O corpo humano é constituído por partículas positivas e negativas (ions). E interage com os campos a sua volta.

A voltagem positiva interfere no fluxo de elétrons e ajeita a molécula de ATP desabilitando sua ruptura. 

"A micro corrente acelera em até 500% a produção do Trifosfato de adenosina (ATP), sendo essa molécula a grande responsável pela síntese proteica e regeneração tecidual devido a sua participação em todos os processos energéticos da célula."


De que forma recebemos essa energia?
No aparelho Gerador de Frequência Única a energia é conduzida através de cabos condutores até os eletrodos de cobre.

O que são os Eletrodos?
- Os Eletrodos constituem a interface que transmite a corrente elétrica através da pele nas sessões de eletroterapia.
- Os eletrodos são usados em duplas, para que a corrente emitida pelo aparelho passe de um eletrodo para o outro.

 Quando a corrente atinge um eletrodo, a energia  irá se propagar através dele até atingir o outro eletrodo-par. Sendo assim a corrente elétrica fica correndo pelos tecidos de um eletrodo ao outro. Texto tirado da enciclopédia Wikipédia

Neste aparelho usamos o cobre grosso e de primeira linha. 

Medidas dos eletrodos de cobre - as medidas foram estudadas para uso nas mãos e nos pés onde temos vários pontos de órgãos estudados pela tão antiga Medicina Chinesa.

-Comprimento: 10,0 cm
-Diâmetro: 1,5 cm

Por que os eletrodos são de cobre ?  O cobre tem a segunda maior condutividade elétrica. 

O cobre é de primeira qualidade, seu tamanho é estudado e importante que seja neste formato e nessa espessura. Os aparelhos que usam outros materiais como alumínio ou usam pulseiras não são indicados. Vale lembrar que na mão temos vários pontos importantes.


Alguns objetivos da Terapia pela Eletroterapia: 

 Seu uso é indicado para a prevenção e tratamento de doenças pela aplicação externa de um campo elétrico, onde essa energia produz estímulos no corpo através de constantes e rápidas descargas elétricas (não sentidas e indolores) que atuam no corpo humano, limpando e oxigenando o sangue e reequilibrando órgãos e sistemas.


 Atua nas zonas com algum distúrbio, alterando a sua fisiologia e harmonizando.


A Eletroterapia trata o corpo como um todo, onde o foco é a eliminação das causas que geram sintomas. Promove o bem estar físico e psíquico do ser humano, sem efeitos colaterais

1 - Favorece a polarização celular;
2 - Acelera a reparação dos tecidos e o crescimento desses;
3 - Regula o sistema nervoso pela limpeza do sangue.
4 - Ativa a circulação arterial e de retorno venoso;
5 - Melhora as perturbações patológicas do organismo de forma natural.
 É muito lindo ver e acompanhar tudo isso. Gratidão!

1) Ações sobre a circulação sanguínea:
- Melhora a circulação sanguínea.
- Melhora a oxigenação da hemoglobina nos glóbulos vermelhos; maior aporte de oxigênio às células.
- Aumento da ionização do ferro da hemoglobina.
- Diminuição da viscosidade sanguínea (gordura) entre outros.

2) Ações a nível celular
- Aumento do consumo de oxigênio celular.
- Metabolismo celular mais ativo e saudável.
- Ação sobre o sistema imunitário com aumento da produção de anticorpos.


3) Ações em órgãos, glândulas, etc.
- Cérebro: Melhora a atividade e desempenho cerebral.
 (o sangue passa por todo o corpo - um sangue ácido, sem oxigênio suficiente, com toxinas e micro organismos  afeta o nosso cérebro). Desde o evento da Internet são mais divulgadas pesquisas que comprovam a relação das bactérias com o cérebro. A ligação do intestino com o cérebro é bastante reconhecida.

- Otimização do sono que volta a ser reparador. Uma das primeiras referências que os usuários colocam. As alterações do sono acontecem pelo desequilíbrio entre a Serotonina e um outro neurotransmissor, a acetilcolina.

- Elimina: Depressões, fobias, síndromes entre tantos outros que são sintomas de um sangue ácido e por vezes com a Cândida Albicans. Voltar a ter alegria de viver sem medos é tudo de BOM!!! 

- Combate a tensão, o cansaço e o stress.

- Ossos: Com o aumenta da atividade osteoblástica (depósito de cálcio nos ossos), ajuda a prevenir a osteoporose, ameniza as dores reumáticas, da artrite e artrose. Tive a oportunidade de acompanhar vários casos.   Ajuda na consolidação de fraturas ósseas. Acontecem mais rapidamente. 

- Pele: Melhoria da cicatrização de feridas e escamas.

 Herpes, psioriase, acnes e todos os problemas de pele. Os problemas de pele são causados por toxinas, químicas,bactérias entre outros.Sinal de um sistema imunológico enfraquecido e sistemas excretores funcionando inadequadamente.Com o uso do aparelho os sistemas voltam a funcionar e essas "saídas" passam a ser pela urina, fezes e suor. A melhora da pele, cabelos e unhas são muito rápidas.


- Glândulas Endócrinas: Regulariza e otimiza o funcionamento de todas as glândulas. As glândulas trabalham em sincronia onde se uma  não estiver funcionando corretamente sobrecarrega as outras.

- Revigora órgãos debilitados.

- Músculos e Nervos: Proporciona o relaxamento muscular (com a retirada das toxinas e metais pesados o fígado volta a cumprir suas funções e não libera mais as toxinas para os músculos ) 
 - O mesmo benefício acontece com os nervos autônomos.

- Aumenta a capacidade respiratória,
- Corrige a pressão do sangue,
- Previne o enfarte e o derrame cerebral,
- Imuniza o corpo humano contra as doenças,
- Aumenta as secreções vitalizadas das glândulas,
Elimina o cansaço físico e mental - um corpo limpo trabalha com mais facilidade.
- Alivia a rigidez dos músculos,
Combate dores em geral, pedras nos rins, problemas de vesícula,

-  Colabora MUITO com patogenias cerebrais.

Todos esses sintomas tem como causa a acidose, a toxemia e os parasitas. Interessante o perceber o que um "sangue sujo" faz ao nosso corpo e na nossa energia. DESEQUILIBRA o TODO que SOMOS !!  


" O Transporte ativo de aminoácidos: segundo Guyton (2001, apud Borges, 2006), as moléculas de praticamente todos os aminoácidos são demasiadamente grandes para sofrerem difusão através das membranas celulares. Então, o único meio de transporte significativo desta substância para o interior da célula é através do transporte ativo. Este mecanismo de transporte ativo depende diretamente da energia liberada pelas moléculas de ATP, e o aumento de ATP disponível para a célula aumenta o transporte de aminoácidos e, consequentemente, aumenta a síntese de proteínas."

Com o uso do GFU, o sistema imunológico ficará mais apto a combater as doenças.
O uso da Eletroterapia não é só para pessoas doentes. O GFU é muito usado para a "prevenção". Estamos recebendo inúmeras toxinas do ar, água e ingerindo muita química através da nossa alimentação rica em agrotóxicos e com corantes, conservantes etc... Além do estresse do dia a dia e da eletromagnética que nos rodeia.

O retorno à SAÚDE começa no interior do nosso corpo. Um corpo limpo vibra Saúde !

 Com um sangue limpo, oxigenado, sem químicas, sem toxinas e sem seres vivos que causam doenças  teremos a oportunidade de VIVER  a SAÚDE VERDADEIRA.

SAÚDE VERDADEIRA É ACORDAR FELIZ!


É ESTAR  com um CORPO LIMPO e uma MENTE LIMPA e FELIZ. 
É VIVER, SORRIR, SE AMAR e não mais o SOBREVIVER se empurrando...

- Um sangue menos ácido é um sangue mais oxigenado - suas células ficam desaglomeradas, soltas e saudáveis para receber e utilizar de forma correta os nutrientes e realizar todas as suas funções.


Suas artérias e veias ficam limpas o que proporciona uma perfeita circulação sanguínea.


- Um sangue mais oxigenado é um sangue saudável, com um sangue saudável as doenças dificilmente acontecem pois os micro organismos patogênicos não sobrevivem em um corpo com um sangue oxigenado e "limpo" 

A QUALIDADE DE  VIDA DA CÉLULA DEPENDE do sangue estar oxigenado e de nutrientes de BOA qualidade.

Independente do método usado para cuidar da sua saúde, ele só será 100% eficaz  se seu sangue estiver limpo e oxigenado e se seu sistema imunológico estiver fortalecido.

Reforçando: o sangue, o líquido no qual a célula está mergulhada, tem de ser mantido constantemente com o pH ideal: entre 7,36 – 7,42


MICRO CORRENTES


"A micro corrente, devido a sua proximidade com a corrente biológica, realiza um trabalho a nível celular."

“A corrente de baixa intensidade ataca os micro organismos patógenos sem afetar as células”. Rife

“O uso de micro correntes no ser humano não causam efeitos colaterais ou secundários”.

Tais perguntas biológicas puderam ser respondidas por exames feitos em laboratórios.Muitos foram os testes que nos deram esse conhecimento.

Médicos do ALBERT EINSTEIN COLLEGE OF MEDICINE DE NOVA IORQUE divulgam  estudos que comprovam que diminutas correntes elétricas,como a do GFU (usando bateria de 9 Volts),exterminam bactérias, fungos, vírus ou parasitas sem causar nenhum dano ao sangue ou fluidos do corpo humano, normalizando o PH sanguíneo e oxigenando as células. 


O tratamento com esse aparelho é conhecido desde 1936, na cura do Câncer e atualmente voltou a ser divulgado e mais facilmente explicado pelos estudos mais recentes da Medicina Quântica, da Medicina Vibracional, da Ressonância e da Eletroterapia. Medicinas que comprovam a importância do Reequilíbrio dos Campos Elétricos e Energéticos do Ser.

Warburg (1883-1970). 

Prêmio Nobel em 1931 por sua tese "A causa primária e a prevenção do câncer" Em sua obra "O metabolismo dos tumores", Warburg demonstrou qutodas as formas de câncer e todas as doenças  se caracterizam por duas condições básicas: a acidose (acidez do sangue) e a hipoxia (falta de oxigênio). Atualmente se fala também em TOXEMIA.

Todo estudo aqui colocado, exames, o compartilhar de médicos, usuários e terapeutas que comprovam seu funcionamento e eficácia, foram feitos com esse aparelho que estamos colocando aqui.


Está enquadrado segundo a norma NBR IEC 60601-2-10 Classe IIA. Seus níveis de corrente e voltagem estão muito abaixo do limite dessa norma. 

Já conhecido e aceito em vários países desde 1935.

Estudiosos como  George Laklovsky, Robert Beck, Dr. Raymond Rife, Dra. Hulda entre outros realizaram estudos e pesquisas nessa linha da Eletroterapia criando seus aparelhos.Se quiser aprofundar sobre:Ver tópico - O uso da Eletricidade na Medicina - Eletroterapia.  
http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/2011/03/x_4184.html

Dra. Hulda - bióloga – no tópico Hulda tem um pouco sobre o lindo trabalho que ela nos deixou. Por uma questão de identificação aprofundei nesse estudo e vivenciei essa realidade. 

Nosso corpo tem sua sabedoria e sua recuperação é significativa quando damos a ele o que ele precisa: REEQUILÍBRIO.

Um Reequilíbrio que acontece pelo equilíbrio das frequências dos órgãos, recuperação do sistema imunológico, recuperação do processo de captação dos nutrientes e oxigenação das células.

Como colocado acima: Os sistemas são interligados, quando um não funciona na sua normalidade sobrecarrega os demais. corpo humano é constituído por diversas partes que são inter-relacionadas, ou seja, umas dependem das outras. 

Sistemas do Corpo Humano:
  • Sistema Esquelético - ossos
  • Sistema Digestivo ou Digestório - Digestão
  • Sistema Respiratório
  • Sistema Muscular
  • Sistema Circulatório
  • Sistema Articular
  • Sistema Urinário e excretor
  • Sistema Endócrino - Hormônios
  • Sistema Tegumentar - Proteger o corpo de ações do meio ambiente, evitar perda de líquido e evitar a entrada de substâncias ruins no organismo; Regular a temperatura do corpo; Garantir a sensibilidade através dos nervos da pele.
  • Sistema Imunológico
  • Sistema Nervoso
  • Sistema Reprodutor
  • Sistema Sensorial (Sentidos)

 Como acontece o desequilíbrio de nosso corpo que nos leva a adoecer?

O assunto em si é simples.

O desequilíbrio acontece causando enfermidades porque: 

- Um sistema imunológico debilitado não exerce suas funções que são: eliminar os vírus, bactérias, fungos, parasitas entre outros micro organismos.

- Um fígado sobrecarregado não consegue fazer o processo de limpeza e devolve essa sujeira para a corrente sanguínea.
O sangue fica mais sujo/ácido.

- Pessoas que tomaram muitos medicamentos tem a tendência de perder a parede protetora do intestino delgado que tem como função o impedir que toxinas, bactérias, etc passem para a corrente sanguínea enquanto o processo de digestão acontece.

 - Quando o sangue está acido o corpo precisa equilibrar todo o sistema ácido básico e para equilibrar o nosso pH o corpo usa os minerais e depois o cálcio dos ossos. Estamos enfraquecidos...com o sistema imunológico debilitado e com falta de sais minerais.

 Um sangue acidificado = células aglomeradas que não captam nutrientes.




Tratamento:
O tratamento é muito fácil. 
 No tópico Como Usar :
http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/2011/03/x_3518.html 
está bem explicado e qualquer dúvida: helofontoura@hotmail.com


-A continuidade e a freqüência de uso é que determinam o melhor aproveitamento dos objetivos que ele propõe. Recuperamos naturalmente nossa defesa imunológica e passamos a ter uma oxigenação adequada de nossas células.   

Desaconselhável o uso de aparelhos com frequências mais altas na ideia de ser mais rápido. Podem prejudicar suas células.

Um corpo São ...uma mente Sã. 
Uma vida SAUDÁVEL ...
Uma vida FELIZ
As pessoas andam procurando busca por técnicas e processos simples, não invasivos, e praticamente isentos de efeitos colaterais. Cada dia mais é divulgado o quanto o uso de remédios tem prejudicado a nossa Saúde.

Este é o caso da Terapia pela Eletroterapia-utilização milenar da eletricidade com fins terapêuticos. 

Já está comprovado há "muitos" anos que a saúde resulta do equilíbrio dos corpos físico, emocional, mental e espiritual e da interação da energia interna e externa do organismo com todas as energias do Ambiente. Atualmente se fala em Física Quântica, Medicina Quântica, Tratamento Quântico, Cura Quântica mas essas comprovações são muito antigas e a eletricidade era normalmente usada por médicos e em hospitais.

Alguns sintomas da civilização na era da tecnologia:
O avanço da civilização e da tecnologia, no intuito de melhorar as condições de vida e o conforto do homem moderno trouxe novidades nos campos de pesquisa científica. 
Esse crescimento sem o conhecimento do que poderia ocorrer trouxe distúrbios ao meio ambiente e como conseqüências surgiram novas doenças alterando  e muito a saúde do homem moderno.
1 - Rigidez nos ombros, costas e nucas;
2 - Dor e peso na cabeça;
3 - Dores no peito sem razão aparente;
4 - Suspeitas de lumbago;
5 - Vertigens e insônias;
6 - Constipações permanentes;
7 - Cansaço e fraqueza geral;
8 - Alterações da tensão arterial;
9- Desequilíbrio do sistema nervoso central, periférico e autônomo como stress, nervosismo, instabilidade emocional
10 - Perturbações digestivas;
11 - Distúrbios circulatórios;
Sintomas vários que devem ser levados em consideração e não devem ser camuflados. Facilmente tratados pela Eletroterapia.

Pesquisas
“Ao se estabilizar o sistema emocional, vibratório e imunológico, o organismo realiza sua cura.”

 “A Terapia por Frequências vê de uma forma diferente o tratamento das patologias onde o reequilíbrio energético influi diretamente no processo da saúde. É conhecida também como Medicina Vibracional"

“Com o reequilibrar o campo de energia acontece o reequilíbrio da fisiologia celular.” - Com a reequilíbrio da fisiologia celular acontece o equilíbrio energético do corpo . 

Energias de diferentes características vibracionais fluem para o interior do corpo e influenciem os processos fisiológicos, tanto no nível celular, como no nível do organismo geral. Os seres captam e emitem energia.

Falando biologicamente o que chamamos comumente de doença é apenas um desequilíbrio.

Este desequilíbrio desestrutura a organização molecular das células. 

Desestrutura seu crescimento, a maneira como ela se alimenta (se estiver aglomerada não consegue captar os nutrientes), sua oxigenação (um meio ácido com toxinas desfavorece a oxigenação) e perde sua função e sua característica básica. 

Esse desequilíbrio influi diretamente nos tecidos, órgãos e funções vitais do ser humano e animais.

"O caminho vibracional não usa bisturis e medicamentos de laboratório para tratar as doenças, mas sim diferentes formas de energia para produzir transformações curativas na mente, no corpo e no espírito do doente”  Dr. Richard Gerber

 Atualmente é amplamente divulgado como FÍSICA QUÂNTICA que o Ser Humano é um complexo de energia. 

 Conhecimento este, que os chineses já têm há muito tempo e que usam com sucesso essa sabedoria mesmo antes de ser comprovada pela ciência.

Há milhares de anos que a Medicina Chinesa já conhece sobre a natureza elétrica do corpo humano e a maneira de lidar com essa eletricidade desbloqueando, ativando e equilibrando. O aparelho GFU tem também como objetivo esse desbloqueio energético. Vários terapeutas de acupuntura  indicam o GFU para ser usado em conjunto com o tratamento de acupuntura e ou auriculoterapia. Essa união acelera esses tratamentos. 

 O equilíbrio é conseguido através da livre circulação de energia no organismo.

Quando a circulação de energia não ocorre de uma maneira adequada por desequilíbrios e bloqueios, surgem as doenças.Locais bloqueados tem uma vibração que atrai os micro organismos.

Os micro-organismos dão preferência aos locais do nosso corpo onde a energia está bloqueada e a vibração é mais baixa.

O desbloqueio energético e o reequilíbrio das energias colaboram e muito com as inúmeras patogenias tanto físicas, como mentais e emocionais. Muitos dos diagnósticos considerados como emocionais e mentais são bloqueios energéticos e um sangue sem oxigênio, sujo e elétrico.

A falta de saúde é a conseqüência de um conjunto de fatores que levaram o organismo a desarmonia e ao desequilíbrio.

"Bioquímicos, astrofísicos e antigos iogues concordam que, ao nível de realidade molecular, nossos corpos são sistemas de partículas atômicas vibratórias".

"Os átomos e moléculas tem freqüência , tanto absorvem, quanto emitem radiação". Dr. William Tiller - diretor do Departamento de Ciência de Materiais da Universidade de Stanford.

O perfeito funcionamento de nossos sistemas, órgãos e células também estão baseados no equilíbrio da eletricidade do nosso corpo, das nossas células inclusive.
Nossas células se comunicam por impulsos eletro magnéticos. Veja a importância do GFU e de uma célula devidamente oxigenada.

O corpo humano possui uma inteligência fisiológica cuja função básica é manter a homeostase do organismo diante de todos os estímulos do mundo exterior e interior. 


“A Terapia por Frequência vê de uma forma diferente o tratamento das patologias onde o reequilíbrio energético influi diretamente no processo da saúde. É conhecida também como Medicina Vibracional"

“Com o reequilibrar o campo de energia acontece o reequilíbrio da fisiologia celular.”

Energias de diferentes características vibracionais fluem para o interior do corpo e influenciem os processos fisiológicos, tanto no nível celular, como no nível do organismo geral. Os seres captam e emitem energia.

As bioenergias são energias responsáveis pelo funcionamento e organização do corpo humano.

Após o corpo desenvolver a desvitalização bioenergética, os sintomas começam a aparecer indicando que algo está errado.  É o corpo falando.

Lembrando sempre que o corpo é PERFEITO. Nessa fase nem sempre é possível identificar as causas através de exames clínicos convencionais.
Percebe-se alguns indícios pelo pH , pela acidez e principalmente pelos sintomas. 

"Todos nós gostaríamos de ser e de nos sentir mais vivos e a ELETROTERAPIA  pode ajudar-nos a alcançar este objetivo.”


Um fato que todos conhecem é a medição dos impulsos elétricos do coração e do cérebro medidos pelo  eletrocardiograma e eletro encefalograma. Ver tópico sobre

O acompanhamento médico, os exames de sangue devem ter sua continuidade nos tratamentos. Inclusive para constatar a sua melhora.

FICA AQUI UMA SUGESTÃO - Aumente suas defesas imunológicas. Use o GFU - logo nas primeiras semanas você já percebe uma incrível melhora.  Quando o sangue  está com seu pH adequado (pH em torno 7,4) muito menores as chances de sobrevivência dos vírus, bactérias, parasitas etc... e com a retirada dos tóxicos e metais pesados todo o corpo reage de modo muito positivo pela oxigenação.


- A insônia, depressão,ansiedade, medo,síndromes do pânico, dúvida, estresse e todas as emoções em desequilíbrio  abaixam nossa imunidade, e são sinais de um sangue ácido.É um círculo: um sangue ácido causa essa série de sintomas na tentativa de limpar seu corpo e seu cérebro faz parte dele. E esses sintomas acabam aumentando a acidez do corpo se o sangue não for oxigenado e limpo corretamente.

- PREVINA-SE. Faça sua parte usando corretamente o aparelho de Eletroterapia 1 dia sim e 2 não, se alimentando direito, evitando produtos químicos em seu corpo e bebendo uma boa água.
 
 O avanço da ciência é maravilhoso. 

Não use aparelhos de eletroterapia se estiver grávida ou usar marca-passos.
Estas situações ainda não foram pesquisadas. 

Não usar sobre feridas.
Não faça experiências. Crianças de 8 meses usaram o aparelho sem efeitos colaterais .
Fontes de Pesquisa:
Richard Gerber
Dra. Hulda Clark
- Alan E. Baklayan
- Becker & Selden
- Denie Hiestand.
- Ann Louise Gittleman.
- Hanna Kroeger. 
- http://www.drashirleydecampos.com.br
- Micro-Current Therapy Ushers In A New Era. PA: ICNR Publications, 1989
-  Becker, R. The Body Electric. NY: William Morrow and Co, Inc., 1985.

- Becker, R. 1995. The basis for microcurrent electrical therapy in conventional medical practice. Journal of Advancement in Medicine. 8 (2).
e pesquisas na  Internet.

Esclarecendo: A  acidose não tem nada a ver com acidez do estômago. É o sangue estar ácido (com pouco oxigênio, pH baixo e elétrico)

Normalmente, os alimentos são digeridos e os nutrientes são absorvidos pela corrente sanguínea. Mas quando o sangue está ácido os sistemas não funcionam corretamente essas toxinas acabam passando para a corrente sanguínea. Ver mais em Disbiose - Várias são as causas que lesam o revestimento intestinal.

No blog http://saudavelfeliz.blogspot.com  tem vídeos sobre o funcionamento dos sistemas do nosso corpo. Um conhecimento interessante. São blogs complementares.

EU ACREDITO QUE NADA ACONTECE POR ACASO. ACREDITO QUE SOMOS ENERGIA E QUE AS VIBRAÇÕES SE ATRAEM. NA LUZ DO AMOR E DA PAZ. Helô